Guia de Auto Ajuda

Wednesday, August 09, 2006

PRATIQUE O RELAXAMENTO

ATENÇÃO: A duração deste relaxamento pode variar em torno de 30 minutos, como aqui as orientações são escritas (não faladas), o ideal é se deter passo a passo por cerca de pelo menos uns 10 segundos. Para tanto, esta página possui um mecanismo de rolagem propositalmente lento, além de liberar suas mãos e seus braços, obtendo assim um melhor proveito.

. Se desejar usufruir do relaxamento off-line ou por mais vezes, deixe carregar esta página totalmente e em seguida desconecte da internet, pois ela já estará na memória do cachê do seu navegador.

É IMPORTANTE ler todo o intróito, até o seu final, em virtude de se tratar de um rapport (preparação) para que o relaxamento produza efeito. Caso não consiga da primeira vez, tente novamente! Escreva-me em caso de dúvidas, enviando sugestões ou resultados obtidos - Lazir de Carvalho dos Santos

RELAXAMENTO (Um breve histórico)


Apesar das origens relativamente novas dos procedimentos de relaxamento, seus antecedentes históricos são antigos. Nos murais da Babilônia, encontramos evidenciação do uso do relaxamento e da hipnose e há notícia de que os Assírios realizavam notáveis tratamentos baseados em "passes" médicos. Os Caldeus, conheciam a astrologia e dedicavam-se a estudo de ocultismos, pesquisavam as forças internas do ser humano com fins medicinais e entre estes estudos lá estava preponderando o relaxamento e o hipnotismo, bem como os egípcios, os Astecas, Mayas, Quíchuas e Incas (civilizações antigas) já praticavam o relaxamento e o hipnotismo à semelhança dos egípcios, e no povo Atlantes , os Toltecas que deram origem aos amerígenos , íncolas americanos.

Em 1890, mesmo havendo supor o abandono do relaxamento e da hipnose, Freud declarou num artigo: "a hipnose confere ao médico uma autoridade de tal ordem que é provável que nenhum padre ou taumaturgo jamais a tenha possuído, pelo fato de ela concentrar todo o interesse psíquico do hipnotizado na pessoa do médico". E não hesitou em recomendar a todos os médicos, inclusive aos médicos de família, essa forma de terapia, que deveria ser situada no mesmo plano dos demais procedimentos terapêuticos e não ser considerada um recurso último.

As Técnicas do relaxamento constituem um conjunto de procedimentos de intervenções úteis não só no âmbito da Psicologia Clínica e da saúde, como também no da psicologia aplicada em geral e da Psicanálise. As primeiras publicações do relaxamento progressivo de Jacobson e o relaxamento autógeno de Shultz são de 1929 e 1932 respectivamente, este último sendo uma das técnicas mais conhecidas no relaxamento, consiste de uma série de frases que induzem à auto-sugestão e proposição de bem estar.

Muito teria aqui para falar sobre a história do relaxamento e outros métodos desenvolvidos e utilizados para tanto, mas vamos à prática:

INTRODUÇÃO

Em virtude de encontrar na Internet um meio forte de propagação de informações o que não é desconhecido de todos, tento aqui trazer mais uma experiência de ajuda no auto-conhecimento e melhoria da qualidade de vida dos pacientes, dos pretensos e dos visitantes desta página.



Sinta-se a vontade... Deixe-se levar pela música... e pela intenção de relaxar...


Tire seus sapatos se estes lhe incomodarem, mas procure manter os pés aquecidos... Para relaxar é preciso querer, não depende só desta analista, de suas orientações, mas de você próprio confiar e deixar-se levar...

O seu desejo é o mestre que dirige a arte de relaxar...

PREPARAÇÃO

Se faz necessário ler e seguir atentamente e entender as explicações antes de passar à etapa seguinte.

A importância do relaxamento não reside nele mesmo, mas na aplicação que se faça deste. São meios para alcançar uma série de objetivos, o fundamental é dotar-se de habilidade para enfrentar situações cotidianas que produzem tensão e ansiedade tais como:

. Atividades rotineiras que tentamos concluir com mais tensão do que a necessária

. Situações específicas nas quais experimentamos ansiedade e estresse

É necessário que a aprendizagem da técnica tenha um sentido para o paciente. Que compreenda bem, não só o que vai fazer mas como fazê-lo. Quanto mais seguro estiver do benefício que poderá obter, maior será a probabilidade de êxito.

Praticar o relaxamento até que este torne-se um hábito, pode ser útil no dia a dia cada vez que defrontamos com estas situações. De acordo com a aplicação que lhe dermos poderemos melhorar nossas atividades, o sono, doenças psicossomáticas etc. Tudo dependerá de seu objetivo específico, mas mesmo que acredite que este não exista, alguns minutos de relaxamento podem melhorar em muito sua qualidade de vida.

Com sua prática consecutiva, aprenderá além de relaxar os músculos externos de seu corpo, os internos e a cabeça... não só por "fora" mas por "dentro"...

O relaxamento tem sido aplicado com êxito em problemas de insônia, asma, hipertensão, cefaléias, entre outros. Sendo no caso das cefaléias por enxaqueca com o objetivo de aumentar o fluxo sanguíneo nas extremidades, com o que supostamente o diminuiria nas artérias cranianas.

Existem várias técnicas de relaxamento, escolhi uma delas generalizando, num misto entre outras, sem dotá-la de uma indução específica em virtude da diversidade de pessoas que queiram utilizá-la por aqui, porém, em virtude de haver aprendido que o inconsciente nos revela sempre o que é melhor para nós mesmos, deixo ao critério de vocês utilizarem-no em um foco se assim o desejarem, orientando algumas instruções para onde o desejam, alertando porém o fato de que esta decisão deve ser tomada com cautela. Se sofrer de alguma doença específica e sentir-se mal em praticá-lo, suspenda o relaxamento e consulte seu médico, antes de qualquer coisa.



VAMOS COMEÇAR A RELAXAR?

VAMOS LÁ ENTÃO...

Uma vez sentado em posição confortável, com os olhos fechados (isso quando desejar praticar fora da net), se quiser pode tirar seus sapatos, afrouxar cintos e roupas, mantendo-se porém aquecido principalmente nos pés...

O ideal é que se encontre num ambiente com luz indireta fraca, poucos ruídos estranhos ao seu cotidiano, de preferência sozinho neste ambiente. Não havendo nada que possa dispersar sua atenção.

Pronto agora?

- Então vamos ...

Vamos começar o relaxamento...

1. Desejo que você, durante pelo menos10 segundos aproximadamente, tome consciência de qualquer ruído fora da sala ou do lugar que se encontre agora.

2. Tome consciência de como sente seu corpo neste instante onde se encontra sentado confortavelmente, dos pontos de contato entre seu corpo ou a cadeira ou poltrona, os pontos de contato da cabeça, das costas, dos braços e das pernas, demorando-se também aproximadamente uns 10 segundos nessa conscientização.

3. Agora quero que se concentre na sua respiração: à medida que inspira seu abdômen se eleva, e quando expira; o abdômen abaixa suavemente... de forma que a expiração seja um pouco mais longa que a inspiração, vamos lá... inspire... expire... novamente repita: inspire... expire... mantenha uns 10 segundos nesse exercício.

4. Agora que está confortavelmente relaxado, gostaria que continuasse deixando seu corpo todo relaxado, enquanto concentra sua atenção em sua mão direita. Quando eu disser agora, feche a mão, muito, muito fortemente, tão forte o quanto possa. AGORA! Perceba o que sente quando os músculos da mão e antebraço estão tensos. Concentre-se neste sentimento de tensão e mal estar que experimenta...

5. Agora quando eu disser "solte" quero que sua mão se abra completamente e deixe-a cair sobre suas pernas; não o faça gradualmente, deixe-a cair de uma vez. Agora, SOLTE !

6. Se ela não caiu, repita a operação novamente 4 e 5. TENTE !

7. Perceba como a tensão e o incômodo desapareceram de sua mão e antebraço. Fixe-se nas sensações deste relaxamento, de prazer, de tranqüilidade que tem agora. Fixe-se no contraste, na diferença entre ter a mão tensa e tê-la relaxada. Continue soltando esses músculos, deixando que se façam cada vez mais lisos... mais relaxados... Não faça nada, só os deixe soltos... Permaneça assim durante alguns segundos...

8. Você está agora confortavelmente sentado, com os olhos fechados, todas as partes do seu corpo estão comodamente apoiadas na cadeira ou poltrona de forma que não há necessidade de tensionar nenhum outro músculo. Deixe-se levar o máximo possível pelo sentimento de relaxamento...

9. Agora focalize sua atenção em sua mão direita novamente e concentre-se nos músculos da sua mão direita... pode vê-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... deixe-se levar... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos se soltem mais e mais... quando está relaxado seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais...

10. Agora focalize sua atenção mais acima, no seu antebraço direito... à medida que concentra sua atenção nestes músculos vai deixando-os mais e mais relaxados... muito soltos... muito calmos... muito tranqüilos...Deixe-se levar mais e mais profundamente. Se notar que sua atenção divaga, volte a concentrá-la nesses músculos. Deixe que estes músculos se tornem mais e mais longos, calmos, tranqüilamente, suavemente... deixe-se levar pelo sentimento profundo de relaxamento, somente deixe-se levar...

11. Enquanto continua com todo seu braço, antebraço e mão direita profundamente relaxados, concentre-se agora em sua mão esquerda...

12. Agora focalize sua atenção em sua mão esquerda e concentre-se nos músculos da sua mão esquerda... pode vê-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... deixe-se levar... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos se soltem mais e mais... quando está relaxado seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais...

13. Agora focalize sua atenção mais acima, no seu antebraço esquerdo... à medida que concentra sua atenção nestes músculos vai deixando-os mais e mais relaxados... muito soltos... muito calmos... muito tranqüilos...Deixe-se levar mais e mais profundamente. Se notar que sua atenção divaga, volte a concentrá-la nesses músculos. Deixe que estes músculos se tornem mais e mais longos, calmos, tranqüilamente, suavemente... deixe-se levar pelo sentimento profundo de relaxamento, somente deixe-se levar...

14. Enquanto continua com todo os seus braços e antebraços esquerdos e direito profundamente relaxados, concentre-se agora nos seus braços.... todo o seu braço esquerdo e direito....sinta os músculos relaxar pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... deixe-se levar... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos se soltem mais e mais... quando está relaxado seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais...suavemente... calmamente...

15. Enquanto continua com todo os seus braços e antebraços esquerdos e direito profundamente relaxados, concentre-se agora em nos seu rosto.... todo o seu rosto....sinta os músculos da face relaxar pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... deixe-se levar...calmamente... suavemente... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos se soltem mais e mais... quando está relaxado seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais...usufruindo dessa sensação de leveza...

16. Agora focalize sua atenção em seu pescoço e concentre-se nos músculos do pescoço... pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... suavemente... calmamente...deixe-se levar... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos do pescoço se soltem mais e mais... quando está relaxado seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem... levemente... suavemente... mais e mais...

17. O relaxamento estende-se agora por todo os seus braços....sua mão direita... esquerda... antebraços... seu rosto e pescoço.... calmamente... suavemente... relaxados... deixando-se levar por essa sensação de bem estar... de tranqüilidade.. deixem que soltem mais e mais... calmamente... tranqüilamente...

18. Enquanto continua com todo os seus braços.. mão direita e esquerda.. antebraço...rosto... pescoço relaxados suavemente... tranqüilos... concentre-se agora em nos seus ombros... nos músculos dos seus ombros... deixe-se levar, sinta-os relaxar, pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... deixe-se levar...calmamente... suavemente... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos dos seus ombros fiquem leves... relaxados... suavemente... que se soltem mais e mais... seus músculos dos ombros estão muito soltos, muito longos, muito calmos... leves...deixe que se soltem mais e mais...suavemente...deixe esta sensação chegar até as suas costas... suas costas ficam relaxadas... soltas....os músculos de suas costas...vão se soltando.... você pode sentir isso... tranqüilamente...note como eles se soltam mais e mais...deixe-se levar por essa sensação de tranqüilidade...calmamente... suavemente...

19. O relaxamento estende-se agora por todo os seus braços....sua mão direita... esquerda... antebraços... seu rosto... seu pescoço.... seus ombros...suas costas.....calmamente... suavemente... relaxados... deixando-se levar por essa sensação de bem estar... de tranqüilidade.. deixem que soltem mais e mais...mais e mais... usufrua dessa sensação de tranqüilidade... com todos esses músculos relaxados... leves.. soltos... calmamente... suavemente...

20. Enquanto continua com todo os seus braços.. mão direita e esquerda.. antebraço...rosto... pescoço... ombros.. costas... relaxados suavemente... tranqüilos... calmamente ... concentre-se agora em nos seu pé direito... nos músculos dos seu pé direito... focalize sua atenção em seus dedos, no pé direito.... e concentre-se nos músculos do seu pé direito... pode vê-los...pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... deixe-se levar... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos se soltem mais e mais... quando está relaxado seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais...deixe-se levar... calmamente... suavemente... leves... relaxados... note como eles se soltam... deixe-se levar por essa sensação de tranqüilidade...

21. O relaxamento estende-se agora por todo os seus braços....sua mão direita... esquerda... antebraços... seu rosto... seu pescoço.... seus ombros... suas costas... seus pé direito....sua perna direita...calmamente... suavemente... relaxados... deixando-se levar por essa sensação de bem estar... de tranqüilidade.. deixem que soltem mais e mais...mais e mais... usufrua dessa sensação de tranqüilidade... com todos esses músculos relaxados... leves.. soltos... calmamente... suavemente...

22. Agora focalize sua atenção em seu pé esquerdo...e concentre-se nos músculos do pé esquerdo... perna esquerda...um por um dos seus dedos.... pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... suavemente... calmamente...deixe-se levar...por esta sensação... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos do pé esquerdo e da perna esquerda, todos os seus músculos se soltem mais e mais... seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais... calmamente... suavemente...

23. Deixe que seu pé esquerdo, sua perna esquerda fique leve... suavemente... tranqüilamente....deixe-se levar, sinta-os relaxar, pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranquilos... deixe-se levar...calmamente... suavemente... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos dos seus pés direito e esquerdo, das pernas esquerda e direita fiquem leves... relaxados... suavemente... que se soltem mais e mais... seus músculos dos pés e das pernas estão muito soltos, muito longos, muito calmos... leves...deixe que se soltem mais e mais...suavemente... tranqüilamente...note como eles se soltam mais e mais...deixe-se levar por essa sensação de tranqüilidade...calmamente... suavemente...

24. O relaxamento estende-se agora por todo os seus braços....sua mão direita... esquerda... antebraços... seu rosto... seu pescoço.... seus ombros... suas costas... seus pé direito... seu pé esquerdo....sua perna esquerda...sua perna direita....calmamente... suavemente... relaxados... deixando-se levar por essa sensação de bem estar... de tranqüilidade.. deixem que soltem mais e mais...mais e mais... usufrua dessa sensação de tranqüilidade... com todos esses músculos relaxados... leves.. soltos... calmamente... suavemente...

25. Agora focalize sua atenção em suas coxas... primeiro a direita.... depois a esquerda.... concentre-se nos músculos da coxa direita.... sinta-os relaxar.... suavemente ....você pode sentir ela relaxando....a coxa direita.... pode senti-la... os seus músculos...deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... suavemente... calmamente...deixe-se levar...por esta sensação... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos da coxa direita, todos os seus músculos se soltem mais e mais... seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais... calmamente... suavemente...

26. Agora focalize sua atenção em suas coxa esquerda... concentre-se nos músculos da coxa esquerda.... sinta-os relaxar.... suavemente ....você pode sentir ela relaxando....a coxa esquerda.... pode senti-la... os seus músculos...deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... suavemente... calmamente...deixe-se levar...por esta sensação... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos da coxa esquerda, todos os seus músculos se relaxem.... sinta-os leves...calmamente....suavemente.... deixe-se invadir por esta sensação de leveza e tranqüilidade.....

27. Agora que tem todo o braços, rosto, face, pescoço... ombros.... pés...pernas...coxas.... relaxados... deixe que a sensação de relaxamento chegue até seu abdômen, concentre-se nele... suavemente.. calmamente.. permita que ele relaxe....sinta os músculos de seu abdômen relaxando.. suavemente... deixa que estes músculos do abdômen se soltem mais e mais...eles estão ficando soltos... muito soltos... os músculos do seu abdômen estão muito soltos e calmos... leves... deixe que eles se soltem mais e mais... suavemente...calmamente... note como eles estão relaxados....soltos... usufrua dessa sensação....

28. O relaxamento agora se estende agora por todo os seus braços...mão direita... esquerda... antebraços...esquerdo e direito, rosto... pescoço.... seus ombros.. seus pés...suas pernas...suas coxas..... seu abdômen....calmamente... suavemente... relaxados... deixando-se levar por essa sensação de bem estar... de tranqüilidade.. deixem que soltem mais e mais...mais e mais... usufrua dessa sensação de tranqüilidade... com todos esses músculos relaxados... leves.. soltos... calmamente... suavemente... Sinta esse relaxamento de todos esses músculos...

29. Agora focalize sua atenção em seu tórax e concentre-se nos músculos do tórax... pode senti-los... deixando-os soltos, mais e mais soltos... Deixe que estes músculos se tornem muito, muito relaxados: muito, muito calmos; muito tranqüilos... suavemente... calmamente...deixe-se levar... continue concentrando-se nesses sentimentos e deixe que este músculos do tórax se soltem mais e mais... quando está relaxado seus músculos estão muito soltos, muito longos, muito calmos... deixe que se soltem mais e mais...com suavidade... suavemente... calmamente... sinta a sensação de leveza de todos os seus músculos do tórax...

30. Agora você está completamente relaxado... todo o seu corpo.... seus braços.. seus pés... suas coxas....seu abdômen... seu tórax.... seus ombros.... suas costas.... seu pescoço.. seu rosto... todos os músculos do seu corpo relaxam agora.... tranqüilamente.. suavemente... Deixe-se levar por este sentimento de relaxamento... sinta-se aquecido... suavemente aquecido... seu pés aquecidos... mãos.... suavemente... tranqüilamente... usufrua dessa sensação... numa temperatura que você gosta....um calor suave...deixe que este calor suave o invada.. que este sentimento o invada..... isto é um sinal de que seus músculos estão relaxando mais e mais...Note como estão relaxando mais e mais.. suavemente aquecidos... Usufrua dessa sensação... suavemente... calmamente...

31. Concentre-se nos sentimentos de relaxamento. Se sua atenção divagar, traga-a de novo a esses sentimentos. Deixe todo o seu ser muito....muito relaxado.... muito, muito tranqüilo.... Deixe seus pés... suas pernas...suas coxas...seu estômago... seu peito.... suas costas....seus ombros..... seus braços....seu pescoço.... seu rosto.... muito... muito....muito relaxado. Seus músculos estão muito, muito soltos.... muito tranqüilos. Deixe que sua respiração siga seu próprio ritmo monótono, tranqüilo, deixe-se levar... deixe-se levar pelo estado profundo de relaxamento....

32. TODAS as partes dos seu corpo estão agora relaxadas, muito relaxadas, aquecidas.. suavemente aquecidas.... Não faça nada... somente deixe-se levar. Deixe que sua respiração siga seu próprio ritmo, monótono, pesado, tranqüilo. Deixe levar...mais e mais profundamente.... pelo relaxamento. Usufrua essa sensação.... de paz... de serenidade....de tranqüilidade... que pode ficar com você até depois que sair do relaxamento...

33. Agora eu vou contar.... até "cinco"... calmamente.... tranqüilamente.... e no seu tempo certo... você irá calmamente.... tranqüilamente.... saindo do relaxamento....e saindo em paz... tranqüilo.. sentindo mesmo depois de sair...uma sensação de calma....de tranqüilidade.. ficará com você, mesmo depois ... tranqüilidade....suavidade...serenidade e a paz... que sente agora .....

34. Eu conto "um" e você calmamente...irá saindo do relaxamento...começando a perceber os ruídos à sua volta...a ouvir os ruídos externos... suavemente...calmamente...tranqüilamente...vai sentindo a sua mão... o seu antebraço..... no seu tempo certo... você vai percebendo suas mãos.... direita.... esquerda.... antebraço direito, esquerdo... suavemente....

35. Eu conto "dois".... e você no seu tempo certo... calmamente....tranqüilamente.. vai sentindo de volta seus pés... suas pernas... suas coxas.... calmamente.... suavemente....tranqüilamente....

36. Eu conto "três"..... e tranqüilamente, no seu devido tempo.... no seu tempo certo.... você calmamente.. sente seu tórax.. seu abdômen..... suas costas......tranqüilamente....suavemente... no seu tempo certo você vai retornando.... saindo calmamente tranqüilamente.... do relaxamento....

37. Eu conto "quatro" e suavemente... devagar.... no seu tempo devido... você suavemente... sente seu pescoço.... seu rosto.....seu corpo....seu corpo todo vai saindo calmamente... suavemente do relaxamento... no seu tempo certo.... suavemente....tranqüilamente....

38. Eu conto "cinco" e suavemente... tranqüilamente....você começa a ouvir a perceber os ruídos externos...a seu ambiente....no seu tempo certo... calmamente.... você abrirá seus olhos...e sairá do relaxamento.... calmamente.... suavemente....tranqüilamente....e em paz.

39. Pode se espreguiçar se quiser... bocejar... abrir seus olhos.... e usufruir da sensação que agora ficou com você...de serenidade... de paz...e de tranqüilidade.

40. Seja feliz ! É o desejo dessa Psicanalista para você...



Bibliografia:

Caballo, Vicente E., Manual de Técnicas de Terapia e Modificação do Comportamento, 1.ª edição, 1999, Livraria Santos Editora Comp. Imp. Ltda, pp. 873, (trad. it. Marta Donila Claudino, Manual de Técnicas de Terapia y Modificación de Conducta, Universidade de Granada, Espanha).

Silva, Gelson Crespo da, Manual de Hipnose Médica, 1.ª edição, 1999, Sociedade Psicanalítica Ortodoxa do Brasil.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home